Ministra Maria Elizabeth abre edição 2017 do Curso de Extensão Cultural da Mulher

 

Brasília (DF) – Com o tema “Heroínas Brasileiras”, a Ministra do Superior Tribunal Militar (STM) Maria Elizabeth Guimarães Teixeira Rocha proferiu a palestra em 15 de março, na Capital Federal, durante cerimônia de abertura do Curso de Extensão Cultural da Mulher, que contou com a participação de civis e militares da Marinha, do Exército e da Força Aérea. “É uma alegria estar aqui, dividindo um momento tão especial, tão único, e poder discutir questões sobre a participação da mulher nos espaços públicos e privados”, ressaltou a Ministra.

 

 

A palestrante iniciou a apresentação falando sobre o papel da mulher na magistratura militar: “eu me orgulho em dizer que a Justiça Militar da União possui, na 1ª instância, um elevado número de juízas. São 12 mulheres que exercem a magistratura, de um total de 37. As mulheres quase conseguem se equiparar aos homens quando se é levado em conta o aspecto meritório, porque elas ingressam por meio de concurso público. Já na magistratura superior, quando aspectos políticos, em vez dos meritórios, são levados em consideração, observa-se uma participação muito reduzida”, enfatizou a Ministra.

 

Maria Elizabeth destacou que, na luta das mulheres pela conquista dos espaços públicos, houve, recentemente, uma grande vitória: a inserção da mulher na linha bélica, nas fileiras do Exército Brasileiro, o que garante que as militares tenham a oportunidade de atingir o mais alto posto da carreira. “Isso é uma grande evolução, pois em muitos países ainda não vemos a inserção da mulher como combatente. É uma luta árdua, não apenas no Brasil, mas que tem se mostrado exitosa”, completou.

 

Encerrando a apresentação, a Ministra destacou algumas “Heroínas Brasileiras”, mulheres que fizeram história dentro de suas áreas e conquistaram espaços. Receberam destaque personalidades como  Maria Quitéria, primeira mulher a entrar em combate pelo Brasil (1823); as enfermeiras da Força Expedicionária Brasileira, que estiveram nos campos de batalha italianos durante a Segunda Guerra Mundial; e Ada Rogato, aviadora e paraquedista.

 

 

Curso de Extensão Cultural da Mulher

 

As inscrições para o Curso de Extensão Cultural da Mulher podem ser realizadas até o dia 22 de março, no Teatro Pedro Calmon, no Setor Militar Urbano, Brasília (DF). As atividades serão realizadas às quartas-feiras, no Quartel-General do Exército, e seguirão até outubro.

 

Poderão participar, em caráter voluntário, mediante inscrição, todo o segmento feminino, que compreende militares, esposas e dependentes de oficiais, subtenentes e sargentos da Guarnição de Brasília, além de militares do segmento feminino de outras Forças e senhoras da sociedade local.

 

O curso tem como objetivos permitir maior integração entre militares do segmento feminino, esposas e dependentes; proporcionar maior qualidade de vida à família militar; apresentar a Instituição Exército Brasileiro à família militar, promovendo o interrelacionamento; e estabelecer e manter vínculos de cooperação com as áreas cultural, empresarial, jornalística, universitária e científica.

 

 


Mais informações:  (61) 3415-5200

Fonte:
Publicado:17/03/17 11:11